Mondadori Store

Trova Mondadori Store

Benvenuto
Accedi o registrati

lista preferiti

Per utilizzare la funzione prodotti desiderati devi accedere o registrarti

Vai al carrello
 prodotti nel carrello

Totale  articoli

0,00 € IVA Inclusa

A Educação Física e o Movimento Humano Significativo: Uma Possibilidade Fenomenológica

Aguinaldo César Surdi
pubblicato da Editora Appris

Prezzo online:
4,49

A argumentação fenomenológica permite entender o movimento humano como significativo, quando a compreensão do mundo vivido é valorizada. Assim, os movimentos intencionais das pessoas se tornam expressivos e cheios de sentido. Esse movimento, prazeroso e criativo, possibilita que o ser humano se conheça cada vez mais. O sentimento humano e as vivências anteriores são fatores importantes na contextualização e crítica das formas e padrões de movimentos que nos são impostos. A visão fenomenológica do movimento humano é o que caracteriza o se-movimentar, uma possibilidade real de tornar o homem sujeito de sua ação. Esse movimento humano entendido como significativo e, consequentemente, expressivo, proporciona uma relação dialógica entre homem e mundo, em que ambos se transformam e se desenvolvem conscientemente. A escola, a educação física e os professores de Educação Física podem entender esse processo fenomenológico de compreensão do movimento humano, como sendo pedagógico e lidar com seus alunos de tal forma que amplie a possibilidade do se-movimentar humano, privilegiando o movimento próprio de cada um.

Dettagli

Generi Famiglia Scuola e Università » Educazione, Scuola e Università

Editore Editora Appris

Formato Ebook con Adobe DRM

Pubblicato 06/04/2020

Lingua Portoghese

EAN-13 9788547334871

0 recensioni dei lettori  media voto 0  su  5

Scrivi una recensione per "A Educação Física e o Movimento Humano Significativo: Uma Possibilidade Fenomenológica"

A Educação Física e o Movimento Humano Significativo: Uma Possibilidade Fenomenológica
 

Accedi o Registrati  per aggiungere una recensione

usa questo box per dare una valutazione all'articolo: leggi le linee guida
torna su Torna in cima